Perfil Comportamental: implicações na vida, nos relacionamentos e nos negócios.

Certa vez escutei uma história que mexeu muito comigo em determinado momento da minha vida, que por sua vez reflete bem a temática central deste artigo, independente de uma interpretação filosófica, espiritual, psicológica ou comportamental. Logo, de forma adaptada e breve, replico-a.

“Deus, no momento em que terminou a criação, viu que precisa ter um cuidado especial com o que de melhor havia criado: o homem. Pensou, refletiu e resolveu dar o homem um talento muito especial, mas somente os que fossem suficientemente esforçados para encontrá-lo, teriam o privilégio dos benefícios desse talento. Mas, onde esconder tal preciosidade?

Ele então pensou em esconder nas profundezas do oceano…… ou no espaço, contudo, lembrou que os homens são muito curiosos e acabarão desenvolvendo técnicas, equipamentos e aparelhos para explorar tais lugares e o acabarão encontrando! Assim, dessa forma, pensou mais um pouco e acabou chegando a uma conclusão. ‘Vou esconder o maior talento do homem num lugar muito especial: no interior dele próprio. Será, com certeza, o último lugar em que ele buscará!’”

Sendo a consciência de si um dos pilares da inteligência emocional proposto por Daniel Goleman (Ph.D) e Hendrie Weisinger (Ph.D), compreender como “você funciona”, seus talentos naturais, alguns de seus padrões de comportamento e comunicação, são de suma importância para a qualidade da sua vida, dos seus relacionamentos, da sua carreira, enfim, dos diversos papeis sociais que você assume.  E é justamente sobre essa perspectiva de ‘consciência de si’ que a metodologia de mapeamento de perfil comportamental Profiler Disc tem ganhando expressividade e sendo aplicado nos mais diversos contextos, como em:

  • Empresas (formação de equipes);
  • Processos de coaching;
  • Programas de carreira;
  • Processos de recrutamento e seleção, também, treinamento e desenvolvimento;
  • Programas de formação de lideranças;
  • Na melhoria de relacionamentos;
  • Entre outras.

Um pouco da metodologia de mapeamento de perfil comportamental Profiler Disc

Conforme o Profiler/ Disc, metodologia essa chancelada pela UFMG dos quais sua fundamentação se origina nos trabalhos do psicólogo William Moulton Marston. Seus trabalhos também contribuíram para os “detectores de mentiras”.

Segundo essa metodologia do qual venho aplicando nos meus processos de coaching e nas minhas oficinas comportamentais, existem 4 grandes grupos de perfis comportamentais que se combinam entre si em quantidades e intensidades diferentes. Somos a combinação dessas características contidas nos 4 perfis, embora haja características comportamentais que se destacam e norteiam nossas ações e reações no dia a dia.  Esses 4 perfis são:

I) Perfil da Dominância (ou executor);

II) Perfil da Influência (ou comunicador);

III) Perfil da Estabilidade (ou planejador)

IV) Perfil da Conformidade (ou analista).

Cabe ressaltar que não há “perfil melhor ou pior do que o outro”. Todos possuem aspectos positivos e aspectos a serem aperfeiçoados (desenvolvidos) conforme objetivos, contexto e cultura, tanto organizacional quanto pessoal. Abaixo destaquei algumas características de cada perfil e gostaria que você, prezado leitor, refletisse sobre:

I) Perfil da Dominância (executor): são pessoas mais segura de si e voltadas para desafios. Tende a ser mais ousada, ativa, rápida e lógica, logo, seus maiores objetivos estão em superar obstáculos e atingir resultados, valorizando muito isso inclusive. Tende a ser também: extrovertido, competitivo, prático, determinado e até parecer autoritário.

II) Perfil da Influência (comunicador): em geral, é o tipo de pessoa que abraça, recebe, acolhe, toca os que estão a sua volta, se mostrando caloroso através de gestos amplos. É receptivo e amigável. É seguro de si, principalmente em contextos sociais e sua atenção está voltada para influenciar e agregar pessoas. Costuma ser: alegre, extrovertido, simpático, falante, carismático, caloroso e em função dessas características todas pode se tornar um pouco desatento.

III) Perfil da Estabilidade (planejador): perfil, embora relacional (gosta de pessoas), tende a ser mais cauteloso, calmo, atencioso, moderado e seletivo no que tange à aproximações, resguardando dessa forma sua privacidade. Sua atenção está voltada à cooperação e o “fazer juntos”. Busca concretizar seus objetivos por meio da dedicação, persistência e continuidade. Costuma ser introvertido, bom ouvinte, paciente, ponderado, diplomático, rotineiro e sistemático.

IV) Perfil da Conformidade (analista): possui uma tendência a ser mais reservado e evitar o contato físico, principalmente com pessoas estranhas. É voltado para processos, utilizando para tanto, a lógica, a concentração e seu poder questionador. Costuma também ser cauteloso e ao lidar com as pessoas pode passar uma impressão de frieza e de insensibilidade. Suas características principais são: introvertido, pontual, perfeccionista, preciso, metódico e cumpridor de regras.

Cada perfil reage a um mesmo estímulo, como pode deduzir, de forma diferente. Um abraço para alguém que tem um perfil comunicador pode ser uma fonte de satisfação, contudo, para um indivíduo que possui um “perfil analista alto”, esse mesmo gesto pode gerar grande desconforto ou até mesmo uma afronta a sua intimidade.

Como indivíduos, vivemos em sociedade nos relacionando com pessoas, sobretudo, com nós mesmos. Logo, de modo a termos melhores resultados na vida, nos relacionamentos, na carreira e até mesmo nos negócios, precisamos buscar, de forma incessante, nossos “talentos escondidos dentro de nós”.

Antes de concluir, gostaria de deixar 3 perguntas para você, caro leitor: I) Qual dos 4 grupos mais se relaciona com você; II) Qual o perfil comportamental, no seu ponto de vista, daquela pessoa que mais tem afinidade com você; III) Por fim, qual o estilo daquela pessoa que você tem mais dificuldade de lidar? “Topa o desafio de responder a essas perguntas?!” (risos!)

Se quiser aprofundar no tema e fazer seu mapeamento de Perfil de forma estruturada recebendo um relatório com mais de 50 indicadores (estilo de liderança, autoestima, talentos, área de maior performance, etc.) conte comigo! “Continue buscando encontrar seus talentos… e das pessoas dos quais mais se relaciona!”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.