Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Visagismo: sua identidade revelada pelo rosto!

A proposta dos profissionais que trabalham com imagem pessoal é personalizar, tornar o cliente único. Quem tem estilo expressa conteúdo: valores, conceitos e uma filosofia de vida. O visagismo cria uma beleza com estilo que determina a identidade personalizada.

O conceito criado pelo cabeleireiro francês Fernand Ambry, na década de 30 foi difundido no Brasil, a partir de 2002, por Philip Hallawell, artista plástico. O visagismo, segundo Philip, trata do rosto que é a sede da identidade pessoal.

O que você está expressando em seu rosto?

O rosto é seu cartão de visita! Para que você seja assertivo na vida ele precisa representar quem é você, expressar sua personalidade e objetivos. Quando a construção da imagem é apenas bonita e não funcional, não há sentido. A beleza não basta. A imagem pessoal deve revelar as qualidades interiores e refletir sua personalidade. Assim, esta imagem trará benefícios aos seus relacionamentos, tanto pessoal como profissional, elevará a autoestima, satisfará às suas necessidades e proporcionará bem-estar.

Para realizar o trabalho o visagista analisa o temperamento das pessoas de acordo com as características físicas, os princípios da linguagem visual e seu comportamento. Essa linguagem visual é o conjunto de símbolos e signos que expressam sensações, emoções, conceitos e intenções contidos na imagem.

Nossas características de personalidade não são reveladas apenas por atitudes ou postura. São percebidos também através das linhas faciais: formato das sobrancelhas, o tamanho do nariz e boca, as proporções faciais, o formato do rosto, o corte de cabelo, penteado, maquiagem, pelos da face – barba. Esses sinais podem ser de forma positiva ou negativa.

A análise das proporções da face permite observar se uma pessoa é mais racional, emocional ou intuitiva.  A testa, por exemplo, está relacionada ao intelecto, racional. Pessoas que gostam de cobrir a testa revelam que preferem apoiar-se na intuição ou emoção. Já o queixo revela o grau de força, determinação de uma pessoa. Um nariz longo, estreito e levemente caído expressa nobreza e discrição. A intenção do visagismo é mostrar como tirar proveito das qualidades e suavizar as imperfeições para ressaltar a imagem que se quer transmitir.

O conceito visagista pode ser aplicado em várias áreas além da beleza como cabeleireiro e maquiador: nas artes cênicas, na arquitetura e design de interiores, no comercio de roupas e cosméticos; na moda; no marketing e propaganda; na cirurgia plástica e na odontologia para alinhar o sorriso com nossa personalidade.

Nos negócios o conceito pode ser inserido aos aspectos como gerência de pessoal, setores de atendimento, vendas e negociações. Na área de recursos humanos o visagismo é um instrumento valioso para avaliar se uma pessoa é apta para determinado cargo, se sua imagem é adequada para a função ou se pode prejudicar seu desempenho. Essa técnica pode ser utilizada para melhorar o desempenho com orientação de corte de cabelo para que a pessoa se sinta mais entusiasmada, determinada ou mais focada.

Se, por exemplo, uma profissional de saúde usa cabelos muito chamativos e maquiagem muito marcante, essa pessoa não mostrará confiança e competência em sua atuação, uma vez que essa área profissional é mais conservadora e estabelece uma aparência mais discreta. Por isso, é a função profissional que determinará a imagem adequada a ser criada para o individuo respeitando seu contexto e beleza.

O visagismo é um grande aliado na construção do estilo pessoal, principalmente masculino por não usar artifícios como maquiagem e vários acessórios. Uma nova ferramenta que deve ser levada em conta ao embelezar o rosto ou mesmo realizar um simples corte de cabelo. Toda imagem provoca uma reação.  Que ela esteja sempre alinhada aos nossos objetivos e nossa essência!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.